quinta-feira, 13 de julho de 2017

AQUECIMENTO GLOBAL- Iceberg gigante se desprende de plataforma de gelo na Antártida

Por mais de uma década, cientistas vinham monitorando por satélite uma fenda que se formou na plataforma de gelo Larsen C (Foto: John Sonntag / NASA)

Um dos maiores icebergs já registrados pela ciência se desprendeu de um bloco de gelo gigantesco na Antártida, informaram nesta quarta-feira, 12, cientistas da Universidade de Swansea, no Reino Unido. De acordo com os cientistas, o desprendimento ocorreu entre os dias 10 e 12 de julho.

O iceberg pesa mais de um trilhão de toneladas, tem 200 metros de espessura e uma área de 5,8 mil km² – equivalente à área do Distrito Federal. Com isso, o novo iceberg entra na lista dos dez maiores já registrados por satélite.

Por mais de uma década, cientistas vinham monitorando por satélite uma fenda que se formou na plataforma de gelo Larsen C – porção da Antártida onde a camada de gelo está sobre o oceano e não sobre a terra. Ainda no ano passado, os cientistas alertaram que a rachadura estava aumentando rapidamente. Mas em dezembro o ritmo aumentou a patamares nunca vistos, com a fenda avançando 18 km em apenas duas semanas.

Os cientistas afirmam que o desprendimento do iceberg fez com que a Larsen C reduzisse seu tamanho em 12% e que a plataforma agora está mais vulnerável a rompimentos futuros. Eles afirmam que o bloco de gelo não deve se mover para longe da Antártida em um curto prazo, mas que ele deve ser monitorado, já que as correntes marinhas e os ventos podem empurrá-lo.

“Ele pode permanecer inteiro, mas é mais provável que quebre em fragmentos. Parte do gelo pode permanecer na área por décadas, enquanto outras partes podem seguir para o norte, para águas mais quentes”, disse Adrian Luckman, professor da Universidade Swansea e principal pesquisador do projeto MIDAS.

Aquecimento global

Embora afirmem que o desprendimento do iceberg seja um fenômeno geográfico e não climático, os cientistas acreditam que o aquecimento global tenha antecipado a provável ruptura do iceberg. No entanto, não há evidências suficientes pra confirmar essa teoria.

A maior preocupação é que a plataforma Larsen C tenha o mesmo destino que a Larsen B, que se desintegrou em 2002 após um rompimento de forma muito semelhante.BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário