segunda-feira, 17 de julho de 2017

HISTÓRIA - Resort nazista vai virar complexo de luxo

Complexo com vista para o Mar Báltico (Foto: Wikimedia)

Com uma vista impressionante para o Mar Báltico, um complexo enorme (com cerca de 4,3 km de extensão) de prédios na ilha de Rügen, na Alemanha, já está dando o que falar. A imobiliária Metropole Marketing comprou os direitos para reformar os prédios com o objetivo de fazer um complexo de apartamentos luxuosos de veraneio. A grande questão é a história do lugar.

Originalmente, o complexo era para ser o maior resort do mundo. Quem ordenou sua construção foi Hitler, três anos antes da Alemanha invadir a Polônia em 1939. Os nazistas chamaram o lugar de Prora. Com capacidade para receber 20 mil residentes, a ideia é que o complexo fosse um lugar de descanso para os trabalhadores alemães. Com a Segunda Guerra Mundial, a construção parou e nunca foi finalizada.

Com a queda do Terceiro Reich, Prora ficou para trás, pelo menos até 2013, quando a imobiliária resolveu construir um luxuoso complexo. A Metropole Marketing espera acabar a reforma até 2022, mas as unidades já estão à venda. Os apartamentos custam entre US$ 400 mil e US$ 725 mil. Além do conforto do apartamento, os moradores vão poder usufruir de um spa e das piscinas do complexo, além do enorme jardim do lado de fora.

Apesar de todas as vantagens, a história do local e a distância de Berlim (cerca de três horas de carro) são pontos negativos. O historiador e guia turístico Roger Moorhouse duvida que as pessoas vão querer ir para lá.The Independent

Nenhum comentário:

Postar um comentário