domingo, 16 de julho de 2017

SOMÁLIA INTERNET -Somália retém barco de Omã por danificar cabo que mantém país sem internet

EFE/Sedat Suna

As autoridades da Somália retiveram um navio mercante de Omã como suposto responsável pelo dano a um cabo submarino de fibra ótica que mantém o país sem conexão com a internet há 20 dias, informaram à Agência Efe fontes do Governo.

O acidente, que está repercutindo gravemente na economia local, aconteceu quando a embarcação se aproximava do porto de Mogadíscio para descarregar sua mercadoria.

O Governo somali, que acredita em que o cabo e a conexão estejam reparados na próxima semana, pedirá uma compensação financeira à companhia proprietária da embarcação.

Para isso, designará um grupo de especialistas que quantificará o prejuízo sofrido e, no caso de não chegar a um acordo, poderia entrar com um processo contra a empresa omanense.

O corte da internet afeta o setor econômico - empresas, agências, escritórios governamentais e fornecedores de serviços privados - e também várias famílias que na Somália dependem das transferências de dinheiro que recebem do estrangeiro.

A fibra ótica chegou à Somália em 2012, quando o acesso à internet tinha um custo de meio dólar por hora e seu preço subiu atualmente para US$ 2 por hora.EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário